ACJL promove curso de Mediação de Leitura


O escritor e ilustrador Ivan Zigg é um dos instrutores do curso de Mediação de Leitura



Os escritores Ivan Zigg e João Bosco Bezerra Bonfim ministram curso de formação de Mediadores de Leitura promovido pela Associação Cultural Jornada Literária do DF (ACJL DF). Com 33 horas de conteúdo distribuídos em oficinas, palestras e conferências, o curso tem a participação do escritor, ilustrador e artista plástico Fernando Vilela, que fará, no dia 24 de fevereiro, a conferência de encerramento das atividades.


Os principais conteúdos abordados no curso são: literatura para infância; a escolha de um livro para mediação de leitura; leitura de imagens em livros ilustrados e a criação de um ambiente leitor na biblioteca, na escola e em casa.


Acesse aqui a programação completa do curso:

Programação Curso
.pdf
Download PDF • 1.65MB

O curso de formação de Mediadores de Leitura faz parte das atividades do projeto Caminhos da Leitura de Itapoã, realizado pela ACJL DF em parceria com a Biblioteca Pública de Itapoã com o patrocínio do FAC DF.

Autores


Ivan Zigg


Ivan Zigg é escritor e ilustrador de mais de cem livros; ganhou o Prêmio Jabuti de melhor ilustração para livro infanto-juvenil em 2004. Ministra oficinas de encontros criativos e se apresenta com seu espetáculo teatral "De A a Zigg". Suas performances incluem ilustrações, narração de histórias e música, o que o tornam único em sua arte de encantar crianças e adultos. Em sua dimensão de performador, o artista múltiplo Ivan Zigg pode ser visto em feiras do livro, teatros e escolas, em apresentações para crianças que misturam música, histórias e desenhos. Entre outras obras, é autor de O segredo (Rocco, 2008); Quem quer brincar comigo (em parceria com Tino Freitas (Abacatte, 2011); O elefante caiu (Abacatte, 2016) e Todos os meus sonhos (Nova Fronteira, 2014).



João Bosco Bezerra Bonfim


João Bosco Bezerra Bonfim é poeta e pesquisador da área de análise do discurso. Graduado em Letras (UnB, 1986), Mestre (UnB, 2000) e Doutor em Linguística (UnB, 2009). Tem 30 livros publicados, entre cordéis, poesia lírica, infantojuvenis e ensaios sobre análise de discurso. É um dos curadores da Jornada Literária do DF, projeto que já beneficiou mais de 100 mil estudantes. Nos últimos anos, tem participado de eventos literários no Brasil e na Europa, fazendo encontros com leitores, palestras e oficinas de formação de mediadores de leitura. O reconhecimento de crítica tem vindo, principalmente, por sua produção infantojuvenil: para o Catálogo de Bolonha, da Fundação Nacional do Livro Infantojuvenil (FNLIJ), foram selecionadas as obras São Chiquinho ou o Rio Quando Menino (2009) No Reino dos Preás, o Rei Carcará e O Soldadinho de Chumbo em Cordel (2010), Romance do Vaqueiro Voador (2011) e O Rouxinol em Cordel (2015).



Fernando Vilela


Fernando Vilela é artista plástico, ilustrador, autor, possui graduação em artes plásticas pela Unicamp e mestrado em artes pela ECA-USP. Como artista plástico, desenvolve trabalhos com gravura, desenho, colagem, escultura, instalação e fotografia. Possui obras em importantes coleções: MoMA de Nova York, Museu de Arte Contemporânea de São Paulo, Pinacoteca do Estado de São Paulo e no Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro. Além de artista, Fernando é autor e ilustrador com livros publicados em oito países. Em 2007 recebeu três prêmios Jabuti pela sua obra Lampião e Lancelote (Cosac Naify, 2006) e a Menção Novos Horizontes do Prêmio Internacional Bologna Ragazzi Award. Dirige o Binah Espaço de Artes, um ateliê vivo, com aulas, palestras e formações. Representado pela Galeria Marcelo Guarnieri - SP.


Caminhos da Leitura em Itapoã é um projeto realizado pela Associação Cultural Jornada Literária do DF (ACJL DF), em parceria com a Biblioteca Pública de Itapoã, com o patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura do DF (FAC DF) e produção da MB3 Projetos Culturais.




2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

© 2018. Associação Jornada Literária. Todos os Direitos Reservados. Criado por IDEIA Prática.